Doenças Pulmonares Difusas

Ajude-nos a conhecê-las

DESCRIÇão

Doenças Pulmonares Difusas

Doenças Pulmonares Difusas

As Doenças Pulmonares Difusas englobam um grupo vasto e diversificado de doenças respiratórias. Cada uma das patologias apresenta particularidades em termos de fatores de risco, mecanismos que levam ao seu desenvolvimento, diagnóstico, tratamento e prognóstico.

Muitas destas doenças podem conduzir a uma cicatrização anormal pulmonar com substituição do pulmão saudável por fibrose.

A progressão de fibrose relaciona-se com o desenvolvimento de sintomas respiratórios como falta de ar, tosse e perda de função pulmonar, que se podem tornar incapacitantes.

O diagnóstico destas doenças é feito com a informação dos sintomas e avaliação médica do doente, resultados de exames radiológicos, provas funcionais respiratórias e em alguns casos com recurso a biópsia pulmonar.

IMG_20200403_130104
h1

Fibrose Pulmonar Idiopática

A Fibrose Pulmonar Idiopática é uma doença de causa desconhecida que afeta principalmente homens com mais de 60 anos e história de tabagismo.

É caracterizada por substituição progressiva do pulmão saudável por fibrose, o que compromete a capacidade de oxigenação do sangue.

A utilização de novos medicamentos que atuam contra o processo de fibrose (anti-fibróticos) têm demonstrado bons resultados.

Pneumonite de Hipersensibilidade

A Pneumonite de Hipersensibilidade é uma doença pulmonar que resulta da inalação de agentes ambientais que causam uma resposta inflamatória exagerada em algumas pessoas.

Esta resposta inflamatória pode ter uma evolução variável, sendo que em casos mais graves pode existir fibrose pulmonar. A exposição a aves e bolores é a causa mais frequente desta doença.

IMG_20200403_131829
P_20200131_141422_vHDR_On

Fibrose pulmonar secundária a doenças autoimunes

As doenças auto-imunes ou reumáticas caracterizam-se por uma desregulação do sistema imunitário, que erradamente atua contra células do próprio organismo.

Englobam doenças como Artrite Reumatóide, Lúpus, Esclerose Sistémica, Dermatopolimiosite, Síndrome de Sjogren, Vasculites, entre outras. Estas alterações podem levar a inflamação ou mesmo fibrose pulmonar. Em alguns casos, as alterações pulmonares precedem os sintomas de outros órgãos.

O controlo da doença reumatológica é essencial, sendo que por vezes pode ser necessário uma mudança de tratamento devido à doença no pulmão.

Doenças ocupacionais/ silicose

Existem algumas doenças pulmonares que são causadas pela exposição a substâncias agressivas, principalmente em ambiente de trabalho. São exemplo destes agentes agressores o pó da pedra (sílica), amianto, berílio, fibras de algodão, entre outras.

A Silicose é a doença pulmonar resultante da inalação repetida de sílica, frequentemente em trabalhadores de pedreiras, minas, construção civil. Estas substâncias ficam depositadas no pulmão, dificultando as trocas de oxigénio e originando inflamação.

Podem evoluir para fibrose pulmonar. A cessação da exposição ao agente causador da doença é fundamental.

FL1